1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Temporada de Inverno na Oceania – Viaje para Melbourne

0

 

Viajar é sempre muito bom em qualquer estação, independente do local, da idade e da companhia. Nesse artigo vamos trazer algumas dicas para quem deseja fazer uma viagem internacional e conhecer Melbourne na Austrália em temporada de inverno. Lugares para hospedar, alimentar, passeios, inclusive para terceira idade.

É uma cidade preparada para o turismo e tem suas estações muito bem definidas. Verão é calor e inverno é frio. Muito frio, as temperaturas podem chegar aos menos dez graus. Apesar disso não neva.

Melbourne
Melbourne. Imagem:divulgação

Então para não se decepcionar, é possível ir a cidades mais próximas e procurar por estações de esqui, por exemplo. A cidade tem intensa vida cultural e esportiva que você pode aproveitar em qualquer estação.

Hospedagem em Melbourne

Melbourne é bastante populosa, grande também em sua área e recebe muitos turistas o ano todo. Não faltam hotéis e hostels, principalmente no centro da cidade, onde torna toda a locomoção mais fácil, tendo em vista que tudo acontece na região central.

Melbourne
Melbourne. Imagem:divulgação

Geralmente os preços não são tão acessíveis, mas pesquisando com antecedência é possível achar locais bons e mais baratos, tanto no centro como em bairros espalhados pela cidade.

Acesse e saiba mais informações: Temporada de Inverno na Ásia – Viaje para Singapura

Restaurantes Melbourne

A gastronomia é diversificada. Você encontra pratos de todas as nacionalidades por lá. Alguns lugares em uma primeira visão te farão passar reto, mas cuidado, talvez seja exatamente ali que esteja a melhor refeição. Não julgue um livro pela capa.

Melbourne
Melbourne. Imagem:divulgação

Você irá encontrar restaurantes sofisticados, com preços mais elevados e também locais mais em conta onde encontra os tradicionais fish & chips. Melbourne é uma grande produtora de vinhos, para os amantes da bebida é um prato cheio.

Turismo em Melbourne

Os passeios são os mais diversos possíveis. Uma caminhada pelo centro apreciando a arquitetura dos prédios, as ruas, o comércio já é encantador e um excelente começo para você ir se adaptando ao fuso horário.

Não deixe de ir na praça Federation Square, a principal da cidade, onde ocorrem diversos eventos, além de abrigar o Centro de Atendimento ao Turista e o Australian Centre for the Moving Image com a exposição interativa Screen World.

Por perto você encontra a Flinders Street Station, a mais antiga estação de trem australiana e a igreja anglicana St. Paul´s Cathedral.

Melbourne
Melbourne. Imagem:divulgação

Existem algumas ruas que só é permitido o acesso a pedestres, o que traz um ar convidativo ao passeio, sem contar nos restaurantes e cafés com mesas ao ar livre e as pinturas em spray que estão espalhadas pelas ruas Hosiel Lane, Centre Place e Degrave St.

Outros locais que você não deve deixar de fora do seu roteiro, é Chinatown, o Queen Victoria Market, o Immigration Museum, Southbank com seus restaurantes e artistas de rua, além do Eureka Skydeck, observatório que oferece uma linda vista panorâmica da cidade.

Melbourne
Melbourne. Imagem:divulgação

Além da National Gallery of Victoria, Jardim Botânico e o Santuário da lembrança dedicado aqueles que perderam suas vidas durante a Primeira Guerra.

A vida noturna é agitada e bastante variada. Restaurantes, pubs, rooftops, boates, cassinos. Como tudo se localiza na região central, fica fácil visitar mais de um lugar na mesma noite. Apesar das baixas temperaturas e das águas geladas, é possível dar uma passadinha nas praias para conhecer e apreciar os lindos visuais.

Acesse e saiba mais informações: Temporada de Inverno na África – Viaje para Joanesburgo

Dicas de Roteiro para Melbourne

Os roteiros passam pela cidade, concentrando-se principalmente no centro, pelos bairros e praias.

Melbourne
Melbourne. Imagem:divulgação

Você pode optar por comprar pacotes em agências de turismo, principalmente se você tem dificuldades com o idioma e prefere ter uma certa segurança para se locomover e se comunicar na cidade. Assim como é possível contratar um intérprete, alugar um carro e fazer os passeios que deseja por conta.

Grupos de terceira idade também não necessitam de guias ou pacotes turísticos, é opcional e o proveito será bom do mesmo jeito. Cabe a escolha do que fica melhor para todos. É uma viagem que pode ser feita entre amigos, entre família e não importa a idade, pois os passeios são tranquilos e charmosos.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA