1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Temporada de Inverno na Ásia – Viaje para Kuala Lumpur

0

 

Kuala Lumpur é a capital da Malásia e um dos grandes hubs aéreos da Ásia, além de ser um destino muito exótico. Possuindo uma população de cerca de 1,6 milhões de pessoas, é a maior cidade do país e extremamente miscigenada.

Viajar na Terceira Idade

Sendo a terceira idade um momento para relaxar e refletir, tirar um tempo para descansar, é uma ótima escolha. Se você é daquelas pessoas que gostam de conhecer novos lugares, agora é a hora de viajar para um ótimo lugar, a gigantesca Kuala Lumpur, capital da Malásia.

Kuala Lumpur
Kuala Lumpur. Imagem:divulgação

Com as maiores torres gêmeas do mundo, as Petronas Twin Towers, a terceira idade pode desfrutar de toda exoticidade que a cidade tem a oferecer, especialmente porque, as agências de viagem dispõem de pacotes especias para vocês.

Quando ir para Kuala Lumpur

O clima de Kuala Lumpur não varia muito no decorrer do ano, portanto, seja a data escolhida, o tempo deverá estar quente e úmido. A temperatura média anual é de 27°C e pode ser observada tanto na temporada de verão, quanto na de inverno. A distribuição das chuvas com maior frequência ocorrem nos meses de outubro a dezembro, março e abril.

Onde ficar em Kuala Lumpur

Se você quer facilitar o seu deslocomento através da cidade procure ficar hospedado perto de uma estação de trem ou na região centra, assim poderá vistar outras áreas da cidade com tranquilidade.

Kuala Lumpur

Shoppings e bons restaurantes situam-se no centro da cidade, além de edifícios com escritórios de empresas internacionais. Nessa região, tem a opção de se hospedar em hotéis de grandes redes como o Shangri-la Hotel, Ascott Kuala Lumpur, Renaissance, Traders Hotel e no Mandarin Oriental – que ficar bem ao lado do KLCC Park e das Petronas Twin Towers.

Onde comer em Kuala Lumpur

A cidade de Kuala Lumpur é multicultaral, não será difícil encontrar restaurantes para todos os gostos, desde cardápios exóticos até pratos internacionais. A culinária malaia é um reflexo da cultura local, uma mistura de pratos da gastronomia malaia, à chinesa e indiana.

Kuala Lumpur

Vale a pena conhecer a rua Jalan Alor, se você for adpto a novas experiências, que possui muitas opções de restaurantes de comida local, se preferir um ambiente mais informal experimente o buffet do restaurante Bijan, que tem de tudo um pouco. Outra opção também é o El Credo, especializados em carne de porco.

Para comer pratos da culinária chinesa, o Lot 10 Hutong, o lugar é uma praça de alimentação com diversos restaurantes. Já no Old China Cafe, a culinária chinesa e malaia se misturam, em um lugar charmoso, que relembram décadas passadas.

O que fazer em Kuala Lumpur

Começando seu passeio pelo centro, viste Merdeka Square, onde fica hasteada a bandeira da Malásia, observe a arquitetura de edifícios como Sultan Abdul Samad. Ali perto, encontra-se a KL City Gallery, um centro de informações sobre o que a cidade tem a oferecer. Próximo ao local, você encontra o Central Market, um mercado para comprar lembranças de viagem, e a Chinatown, com um comercio informal e todo tipo de produto vindo da China.

Kuala Lumpur

Não deixe de conhecer também as Petronas Twin Towers, as maiores torres gêmeas do mundo, com 452 metros de altura, um grande atração, vale a pena vê-la durante o dia e a noite. As torres podem ser vistadas em um passeio turístico bem interessante.

Outro local imperdível são as Batu Caves, que são cavernas acessadas por um longo lance de escadas, onde existem os templos hindus.  Outra atração que representa a diversidade Malaia, conheça o templo Chinês Thean Hou, localizado no alto de um morro.

Kuala Lumpur

Já se você tem interesse em curtir a noite de Kuala Lumpur, ir à rua Changkat Bukit Bintang, lá se encontram diversos restaurantes e bares com ambientes descolados. Você também pode encontrar mais opções indo até os bares do Marini’s on 57 e ao Sky Bar, que é um bar no alto de um prédio que possui até piscina.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA